O melhor credito rapido online poderá não ser facil de descobrir. Aqui encontrará ajuda sobre credito pessoal|emprestimos urgentes|credito urgente|credito online.

.arquivos

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

.posts recentes

. Crédito Malparado: O Que ...

. Um Bom Natal e Ano Novo

. O Crédito Rapido

. Politica De Privacidade

Quarta-feira, 7 de Outubro de 2009

O Crédito Rapido

O Credito Rapido em Portugal

 

O credito rapido tem registado uma acentuada queda no nosso país. Isto significa que os portugueses têm recorrido menos ao credito urgente para adquirir bens e serviços, logo o panorama social que se verifica no país é de um aumento das poupanças das famílias. Desde á muito tempo que não verificavam taxas de poupança tão altas na nossa sociedade. Apesar de serem um reflexo da crise e do profundo desemprego que se alastrou por todo o país, os portugueses recuperaram um hábito há muito esquecido: poupar dinheiro. Actualmente a taxa de poupança situa-se nos 8,6% dos rendimentos das famílias, Segundo o Instituto Nacional de Estatística, a poupança das famílias portuguesas equivale a 3,3% do PIB. Ao invés de um credito rapido, o português típico prefere agora guardar o seu dinheiro.

 credito rapido

Onde aplicam o dinheiro?

 

Segundo o Jornal de negócios, os portugueses divorciados do credito rapido investem agora o seu dinheiro em depósitos bancários. Apesar de a Euribor estar nos limites mais baixos da sua história, é muito arriscado investir em acções e até mesmo no mercado imobiliário, depois de tudo o que veio dos Estados Unidos. Agora as pessoas já não vão ao banco para fazer um credito urgente, mas vão sim para depositar as suas poupanças. Os depósitos de particulares atingiram o seu valor mais alto no mês de Junho. Segundo o Banco de Portugal, as famílias portuguesas têm agora cerca de 117 milhões de euros aplicados em depósitos. Desde a falência do Banco Lehman Brothers, que em parte deu inicio á actual crise que ainda vivemos. Nem as taxas mais baixas da história assustam os clientes dos bancos, pois eles já perceberam prudentemente que quando se trata da gestão do dinheiro de sobrevivência, não se pode arriscar, mais vale aplicá-lo em sitio seguro, sem riscos, mas também sem qualquer lucro. Lembro que grande parte dos depósitos bancários estão indexados á Euribor (tal como os créditos á habitação), e muitos deles apresentam agora taxa de juro inferiores a 1%. se considerarmos que a inflação tem sido bem superior, voltamos a constatar que mais uma vez, os portugueses estão a perder poder de compra.

credito urgente

 

O credito urgente vai bater no fundo?

 

Que poupadinhos que nós andamos por cá, ainda á bem pouco tempo se viam pessoas que tinham que recorrer inevitavelmente a um credito imediato a taxas altíssimas para comprar um par de sapatos italianos, ou para comprar um lcd mais caro que o do vizinho, ou até um credito rapido para poder ir de férias para as Caraíbas. Pois o cenário agora está um pouco diferente para a maioria dos que recorriam frequentemente aos creditos rapidos. As dificuldades financeiras nacionais e globais atingiram-nos em cheio, e agora temos que pensar varias vezes antes de optar por um credito rapido.

 

 

 

 

 

Credito rapido para estudantes?

 credito rapido online

 

Um potencial cliente do credito rapido é o estudante universitário. Há já muito tempo que nos Estados Unidos os estudantes do ensino superior são alvo de campanhas de marketing de empresas de credito urgente. Por cá também já se importou esta moda. Agora o próprio estado se apresenta como fiador caso um estudante deseje subscrever um credito imediato. A medida já entrou em vigor em 2007, e serve para todos aqueles que frequentem uma licenciatura, um mestrado, um doutoramento ou até pode ser usado para investigação. Estes credito rapidos têm algumas características interessantes, como o facto de os melhores alunos, normalmente aqueles com média superior a 16, terem direito a juros mais baixos O pagamento deste empréstimo, só terá inicio um ano depois de concluída a formação superior e deverá ser liquidado no mesmo numero de an

os em que foi utilizado. Só é muito triste começar a vida activa endividado, alguém que se forme com recurso a um credito rapido deste género, poderá ver-se a contas logo com vários créditos no inicio da actividade profissional.

 

 

 

O credito imediato deveria desaparecer da sociedade? 

 

É certo que as ecredito imediatompresas de credito rapido têm uma má imagem junto do publico. Mas o credito urgente faz parte da nossa vida, foi graças aos emprestimos rapidos que as sociedades se desenvolveram. Hoje em dia, para a maioria de nós, já não é preciso juntar dinheiro para poder comprar um casa um automóvel, e isto não é porque temos dinheiro suficiente no bolso para comprar bens de tamanho valor. Isto só é possível graças ás instituições de credito rapido.

 

 

 

publicado por Nelson às 22:32
link do post | comentar | favorito
|

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds

Loading...